Cidade espanhola troca carro por passe vitalício de trem

Luana Caires
14.07.2011

A nova linha de trens elétricos da Tranvía, em Murcia, foto:MΣTRØMURCIΔ

Para incentivar o uso do transporte público, o governo de Murcia fez uma proposta interessante aos seus habitantes: trocar um automóvel por um passe vitalício para transitar pela novíssima linha de trens elétricos da cidade. Bastava aos interessados ter um veículo em boas condições, com todos os tributos pagos, e fazer uma inscrição online no site da Tranvía.

Essa iniciativa marcou a primeira fase de uma campanha com o objetivo de diminuir a circulação de carros em suas ruas. Passado o período de inscrições, os automóveis trocados pela população ficaram expostos em uma das ruas das cidades e foram gradualmente desmontados por mecânicos convidados pela companhia de trens até desaparecerem completamente daquele cenário. Para tornar esse processo mais “interativo”, uma peça dos carros era retirada a cada comentário recebido no Facebook ou no Twitter da campanha. A companhia também tentou chamar a atenção para a dificuldade de se achar uma vaga para estacionar instalando veículos em locais inusitados do centro da cidade. Tinha até um automóvel empilhado em cima de outro.

Toda essa “promoção” parece ter tido efeito. Durante seu primeiro mês de funcionamento, os trens elétricos de Murcia, sétima maior cidade da Espanha, receberam em média 4,5 mil pessoas por dia – resultado tido como positivo pelo Conselho dos Transportes – e percorreram mais de 66 mil quilômetros, de acordo com dados do município. Outras duas linhas deverão ser lançadas entre 2014 e 2022 e o governo pretende continuar o incentivo ao uso do transporte público, mas terá muito trabalho pela frente. Estudos apontam que, hoje, 80% da população murciana se locomove por meio de veículos privados.

Uma das estratégias para consolidar a utilização dos trens elétricos tem sido conquistar os cidadãos pelo bolso. Para tanto, são oferecidos descontos para usuários que privilegiem esse meio de transporte. Enquanto o bilhete normal custa 1,35 euro, estudantes chegam a pagar 20 euros por uma carteirinha que dá direito ao  uso ilimitado dos trens pelo período de um mês, e quem tiver uma família numerosa, por exemplo, pode se cadastrar para comprar um pacote bilhetes pagando apenas 0,50 euros por viagem.

Via: Springwise

 

Veja também:

- Linha de trem-bala ganha túnel recoberto por células solares

- São Luís: arquiteto quer revolucionar transporte público

- Buenos Aires aposta nas bicicletas

Novo ônibus a hidrogênio começa a circular em Londres



Tags:

3 respostas para “Cidade espanhola troca carro por passe vitalício de trem”

  1. ótima ideia mesmo! Belo post! por coincidência acabei de postar algo semelhante! http://urbandemographics.blogspot.com/

  2. primeiro mundo… outra coisa.

    Leio uma noticia dessa e fico super empolgada, só que vai fazer algum cometário em voz alta,
    provavelmente rirão como se eu tivesse contando uma piada…então.

    #solamentobrasil

  3. jake disse:

    LOL entao ou voce paga 60 reais por mes pra um passe de transporte ou voce da o seu carro. hmmm, falta algo na iniciativa oferta por uma municipalidade em falho financeiro

Deixe uma resposta

*