As colunas de fumaça de Cherepovets, Rússia

Eduardo Pegurier
04.11.2010

Circulou em diversos sites essa semana um ensaio fotográfico mostrando as duras condições de vida em diversas cidades russas. As fotos abaixo são de Cherepovets, a maior cidade da província de Vologda, que fica a cerca de 8 horas de trem de Moscou. O principal motor da economia local é a siderúrgica Severstal, responsável pelas impressionantes colunas de fumaça em destaque nas imagens. A poluição que emite causa altos índices de câncer no nariz e garganta, problemas neurológicos, cardiovasculares, de tiróide; além de irritação crônica nos olhos e dores de cabeça, que afetam seus mais de 300 mil habitantes.

Visão da fumaça espelida pela siderúrgica Severstal - foto: Elena Chinarina

Um processo contra essa situação gerou uma sentença judicial exemplar. Em 1965, o governo russo decretou uma área de proteção sanitária em torno da usina de 1 km, prometendo ao mesmo tempo retirar todos os moradores que viviam dentro desse perímetro e realocá-los em outras lugares. O plano nunca foi à frente e, em 1995, Nadezhda Fadeyeva, já então com severos problemas de saúde causados pela poluição, acionou o governo, reinvindicando outra habitação. Nada aconteceu além de ser colocada em uma lista de espera.

Sua situação atraiu o interesse do European Human Rights Advocacy Center, sediado em Londres, que levou o caso a Corte Européia de Direitos Humanos. Essa, por sua vez, em 2005, deu ganho de causa à Nadezhda e ordenou que Federação Russa pagasse seus custos de realocação. De acordo com a Environmental Law Alliance Worldwide (ELAW), que deu consultoria jurídica à ação, “Esse caso facilitou futuras ações ao estabelecer que é um direito humano viver livre de poluição tóxica”.

foto: Elena Chinarina

Veja mais detalhes do julgamento aqui e a foto de satélite da fumaça expelida pela siderúrgica.

 



Tags: ,